sábado, 19 de novembro de 2011

Mais birra

"Há seis desencadeadores de mau comportamento em crianças: cansaço e fome; um cérebro imaturo; necessidades psicológicas não atendidas; estresse dos pais; emoções intensas e um estilo de educar dos pais que ativa os sistemas de alarme na parte inferior do cérebro da criança.
Uma criança que está tendo uma birra por angústia está vivenciando dor genuína e precisa de muita calma e compaixão da sua parte. Ignorar ou punir a angústia pode ser prejudicial.
Embora as birras por angústia possam ser desafiadoras, elas apresentam uma grande oportunidade para ajudar seu filho a desenvolver conexões essenciais no cérebro que o ajudarão a lidar com o estresse no futuro.
Birras no estilo “Pequeno Ditador” devem ser ignoradas. Sem conversa, sem negociação, sem ceder, sem propiciar uma platéia para assistir, usando o cantinho da disciplina como último recurso e somente se a criança tiver agredido alguém (principalmente se for maior que 5 anos e tiver mordido, chutado ou socado outra pessoa). Use o humor se for apropriado. Espelhe o comportamento dele. Tente algo como “você gosta de dar ordens em mim, né? Então vamos fazer juntos com esta lata de ervilhas”. “Lata de ervilhas, pegue este biscoito para mim AGORA, senão... Agora vamos dar ordens na escova de dentes...” Agora, seu filho está olhando para você achando que a mãe é completamente louca. Mas o enredo serviu para colocá-lo em segundo plano, desacelerá-lo e colocar ambos num clima de humor e brincadeira (ele querendo ou não). Vai mostrar a ele que você não leva “bullying” a sério."
Estados Emocionais Ligados às Birras
Tédio - se a criança está sofrendo de fome de estímulo, gritar e jogar-se no chão podem parecer opções bem atraentes. Pergunte a si mesmo se há tempo suficiente de brincadeira mãe-filho/ pai-filho na sua casa. Gritaria é comum em famílias que não brincam juntas.
Um exemplo clássico é o da birra no supermercado. Se você dá a seu filho atividades interessantes (pede para ele ajudar a encontrar determinados itens, as birras geralmente cessam).
Frustração - Crianças não são boas em encontrar palavras para explicarem que estão frustradas. Você precisa ajudá-las a expressar os sentimentos: “Às vezes é difícil, né? Você acabou de pegar o brinquedo e seu irmãozinho tomou-o de você”.
Desapontamento - Perda e decepção ativam os centros da dor no cérebro. Como adultos, nós podemos dizer “nem ligo” e distrairmo-nos com outras coisas, mas quando crianças são desapontadas, elas geralmente choram. Elas precisam de ajuda para manejar seus sentimentos de dor e de que você reconheça que a decepção delas pode ser muito dolorida. Ignorar ou ficar nervoso com uma criança desapontada irá simplesmente aumentar a dor dela."

The Science of Parenting, Margot Sunderland. Capítulo The Trying Times
Tradução de Flávia Mandic
_

Quando a criança não escuta
"Haverá ocasiões em que seu filho não virá quando chamado ou quando você pede para que ele faça alguma coisa. Isso se deve ao fato de alguns sistemas químicos cerebrais não estão desenvolvidos, então ele é incapaz de mudar o foco de atenção de uma coisa para outra, como faz um adulto.
Então dê a ele um prazo. Avise antes "em 5 minutos vamos guardar os brinquedos e escovar os dentes". Quando os 5 minutos passarem, conte de 1 a 5 em voz alta. Se a criança obedece, elogie o comportamento. Se ela não obedece, simplesmente a pegue no colo e leve-a para escovar os dentes. Seja consistente. Não peça várias vezes que ela escove os dentes; ela passará a ignorar seus pedidos".

Do livro The Science of Parenting
Tradução de Flávia Mandic

PR

3 comentários:

Croche da Mimi disse...

OI Pri...
Amei o artigo...
Tenho um arteiro de 3 anos e meio, ele é muito esperto pra idade dele, já sabe chantagear a gente e se finge de surdo quando o assunto não lhe interessa. Eu ando tomando remédio pra ansiedade.... porque ele não descansa um minuto!!!
Artigos como o seu tem me ajudado muito a lidar com estas situações de birra....
Beijos querida, um ótimo final de semana pra vc!!!

Tais disse...

Oii Prí vc ta sumida la no Blog em!!Hum,sr.
Olha a dica de quando a criança nao esculta serviu pra mim!Meu filho é exatamente assim!
Bjkas e bom dia para vc.
decorehouse

Joyce disse...

Vc posta assuntos interessantes!! Trabalha com crianças?? Muito bom estar por aqui..já estou ti seguindo!! Bjs

http://batombamor.blogspot.com (blogueira unida 870)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...