sábado, 12 de outubro de 2013

Esmaltes X Educação

Hoje o tema proposto pela Fernanda é educação, semana do dia dos professores não poderia ser diferente né?
Não vou escrever sobre os problemas nessa área, são muitos, vários lados a serem analisados e tudo o mais, vou agradecer aos professores que tive.
Tive o privilégio de estudar em uma escola maravilhosa, que a visão ia muito além de vestibulares e conteúdo didático, eles nos preparavam para o mundo, pensavam no aluno como um ser humano completo.
Os pais tinham livre e fácil acesso com a direção, nós alunos também, lembro de várias vezes estar insatisfeita com algumas colocações de professores, ou coma  escola e ia conversar coma  direção, ela sempre muito educada, atenciosa deixava a gente falar tudo que queria e mostrava o porque das atitudes e certas regras, lembro que 2 vezes conseguimos mudar a decisão tomada pela escola, por perceberem a insatisfação dos alunos. Pra muitos isso pode parecer bobagem, mas pra nós era o máximo saber que éramos ouvido com respeito...uma escola que infelizmente não se encontra em qualquer esquina.
Quando me mudei pra Bauru(morava em Santo André, a escola era lá) choquei com o desrespeito que os alunos e familiares tratavam a escola, pessoas desrespeitosas e o pior d etudo é que a direção, provavelmente por medo de perder alunos, abaixava cabeça quando os pais iam reclamar, endo que na maioria das vezes os errados não eram os professores e sim os alunos, choquei demais com essa inversão de valores, e isso era um mal em quase todas as escolas, não digo em todas porque não conhecia todas, mas na que estudei(fiz 2º e 3º colegial em Bauru) e na que tinha amigos que estudavam, TODAS eram dessa maneira.
Mudei pra Araraquara e não sei dizer como são as escolas aqui, a que meu filho estuda é da prefeitura, as escolas municipais aqui são muito boas, ensino de qualidade mesmo, ele ainda está na educação infantil, ent
ão não deu pra sentir como é a coisa né? Mas independente de como for farei meu papel dentro de casa, ensiná-lo a respeitar os professores e todos que trabalham na instituição, desde faxineiros até direção, foi isso que aprendi e isso que irei passar.
Hoje como mãe vejo de forma diferente o que acontecia (espero que tenha mudado) nas escolas em Bauru, entendo que o amior problema eram os pais que não impunham limite e repreendiam os filhos, porque lembro de uma vez na 7ª série que briguei com uma professora, fui pra minha mãe chorando contar e o que ela fez? Foi conversar com a direção pra ouvir a outra parte, porque queria ser imparcial, o erro tinha sido meu e tive que ir pedir desculpas a essa professora, na época provavelmente devo ter sentido raiva da minha mãe por ter me feito reconhecer meu erro e pedir desculpa, ainda por cima como desrespeite na frente da classe toda as desculpas teve que ser da mesma maneira, na frente da sala toda.
Então acredito sim que se os pais colocarem os filhos nos devidos lugares muito dos desrespeitos que ouvi e vi não se repetiriam, mas vejo erro das escolas de não tomarem uma atitude coma s reicidências, e sempre, digo sempre abaixarem a cabeça pros pais.
Agradeço tanto a Deus pelos meus pais terem tido condições financeiras de proporcionarem a mim e meus irmãos uma escola magnifíca como a que estudamos, por nos darem exemplo de educação em casa.
Porque sempre ouvimos que educação vem de berço né? E muito mais do que palavras são as atitudes que temos que nossos filhos guardam e copiam.
A todos os professores que passaram em minha vida meu muito obrigada, a todos que viram na vida dos meninos meu obrigada, e peço a Deus que venham professores excelentes na arte de educar e maravilhosos da arte ser, que sejam professores íntegros, pois a vida reflete na sala de aula.
E meu encorajamento e parabéns a todos aqueles que lecionam com amore lutam contra a maré.
Tiro o chapéu pra vcs, vida de professor não é fácil mas é gratificante. Parabéns queridos mestres.
Não tinha nenhum esmalte que combinasse com o tema, mas escolhi um adesivo de coruja, já que é o símbolo dos professores né?
Esmalte usei Alemanha, da linha Euro da Cora, gosto bastante da cor e da cobertura desse esmalte.
E semana que vem o tema será Esmalte X Poesia, bora participar?


8 comentários:

Adelaide Araçai disse...

Realmente existe uma inversão de valores. Para mim "educação" vem de casa, na escola você apreende o conhecimento adquirido. O restante é com os pais.

Adorei a cor do esmalte.

Muita Luz e Paz
Abraços

Jussara Silva disse...

Penso que respeito é tudo... Lindo tom de esmalte!
Bjs.

Marion disse...

Concordo, temos que fazer a nossa parte, sempre! Esmalte lindo e a escolha da coruja - original!
Abs.

Lola disse...

Oi Pri!
Sabe o que fico mais triste? Que esse comportamento que vc percebeu quando morou em Bauru, em relação a escola e seus mestres, hoje em dia é uma constante!
Isso me preocupa porque educação é a base de tudo.
Lindo esmalte!
Bjs

Chris Ferreira disse...

Oi Pri, que bom que você teve a oportunidade de estudar em uma escola que deve ser exemplo para as demais. É uma pena o exemplo das demais. Muito bom também saber que a escola municipal onde seus filhos estudam é de boa qualidade. Realmente educação vem de berço.
Gostei muito do seu esmalte.
Uma ótima semana pra vocês
beijos
Chris
Inventando com a Mamãe

Diacuy Piccione disse...

esmalte fofo

Fernanda Reali disse...

imagino o susto em mudar de escola e achar um ambiente assim, inóspito, assustador. Gostei do jeito como tua mãe lidou com o problema, buscando ouvir todos os envolvidos!

Bjs

Blog da Biane disse...

que linda cor...
ficou maravilhoso

blogdabiane.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...